Agenda

A peça leva ao palco um homem fragmentado em busca de uma identidade genuína. O arquivista Marcelo é obrigado a passar a noite trancado no escritório da repartição pública onde ficou preso. Do diálogo que estabelece com o pombo que está no forro do teto se desenrola uma reflexão reveladora sobre suas identidades. Trata-se de um espetáculo musical desconstruído. A peça usa a dança, o canto e a inércia como elementos de estranheza, quebrando paradigmas e lógicas realistas.

Classificação etária: 14 anos

Programação sujeita a alteração.

Veja mais