Agenda

Nesta apresentação trás como convidas O Ilú Obá De Min tocando instrumentos como alfaias, xequere, agogô e djembe. Com cantos e danças, advindos dos terreiros de Candomblé e das culturas populares, realizando uma grande ópera de rua comandada pela força dos tambores. O protagonismo é inteiramente feminino e vem das mulheres a força para lutar por uma sociedade menos racista, sexista, machista e discriminatória.

DURAÇÃO:75 minutos | CLASSIFICAÇÃO: Livre

Danielli Lima (Dani Nega) – Vocais Eloiza Queirós da Paixão – Becking Vocals Felipe Julian Goldfarb (Craca) – synths Gilvanir Duarte Dias – sopros Gisah Silva – percussão Priscila Brigante – baterista. EQUIPE ILÚ OBÁ DE MIN Iris Blue – percussão; Soraia Santos – percussão; Bárbara Nunes – percussão; Vanessa Teixeira ( Negravat) – percussão Fe Damigo – percussão Açucena – percussão Florence – percussão Fabiana Coelho – percussão Helisa Quinto – percussão Marília Carvalho – percussão Anná – percussão Beth Beli – percussão Mazé Cintra – percussão Daniela Apolinário – percussão Lisandra – percussão Talita – percussão Baby Amorim – produção Ilú. PRODUÇÃO E TÉCNICA: Bruno Castro – Técnico de Som. Nancy Aparecida da Silva – produção. Mariana Lira – produção.

Programação sujeita a alteração.

Veja mais